domingo, 26 de fevereiro de 2017

Uma Rajada de Novidades em Battle Scenes


Salve salve, jogadores e colecionadores de cartinhas!

Estamos começando o Blog com muitas novidades, afinal a Copag resolveu mitar neste mês: um lançamento foda, mudanças nas regra e um banimento que gerou uma onda de comemorações e um tsunami de lágrimas.

Mas vamos organizar essa bagaça!


Respeitando a ordem cronológica dos acontecimentos vou começar com o golpe de mestre da Copag (sim é um trocadilho infame, mas inevitável): A Master Box que precede a coleção Forças Estelares.

Que sacada genial! Pegue 3 cards inéditos e exclusivos (incluindo um PATO META FDP – sobre o qual o amigo Nando discorre muito bem, leiam aqui), adicione 2 dos cards mais procurados e caros de uma coleção que não é mais achada em lugar algum, tempere com marcadores, 5 boosters de Despertar Sombrio e finalize com uma caixa que servirá para levar até 2 decks com protetores pela bagatela de R$ 70,00 e temos um produto espetacular. Sobre os motivos benéficos deste lançamento o Hélio fala com vocês, leiam o artigo dele, eu apenas passei para parabenizar a Copag e mandar aquele abraço a quem queria R$ 100,00 na Dona Cassandra...



Abraços dados, vamos falar de um dos cards exclusivos – RAJADA V2.

Talvez o card mais bonito lançado pela Copag até agora em BS, esta habilidade de prontidão para ataque energético deve jogar e muito!
Tudo bem que tanto a Rajada quanto o Raccoon foram ofuscados pela ave lutadora de Quack-Fu, mas vamos pensar bem.

Nos primórdios de BS Ataque Energético jogava muito, X-Men, Thor e outros abusavam deste poder, tanto que por muito tempo a carta mais cara e procurada em BS era a famosa Concentrar Poder.
O jogo evoluiu, CP caiu com as rotações e genialidade dominou o cenário do metagame.

Não acho que rajada tenha, AINDA, força para devolver ataque energético para o cenário competitivo, porem raciocinem comigo:
Em um universo de Altos Evolucionários, Homens de Ferro v3, Cleas, Estranhos v2, Capitães Universo entre outros, o card pode sim ser muito bem explorado.

No cenário de Batalha Infinita então? Com CP e Rajada para escolher...
Acaba de escorrer uma lágrima do olho do Máquina de Combate v2.



Além de tudo isso é uma aposta geral que os Guardiões da Galáxia voltem com tudo em Forças Estelares, e aí o Guaxinim trazendo essa porra de Rajada do deck vai ser de doer.

Aguardemos o futuro, mas Rajada me parece ser um excelente card, talvez traga mais alternativas do que podemos visualizar no momento.

Desculpem o textão amigos, mas são realmente muitas novidades.
Sobre as novas regras eu quero esperar para emitir uma opinião mais contundente, em partidas amistosas realizadas até agora as mudanças me parecem muito benéficas: fique aqui registrado que em relação aos suportes, a quebra do alter ego ficou sensacional.
E até hoje todas as alterações realizadas pela Copag resultaram em melhora no jogo, logo, fica aqui meu voto de confiança.

Ahhh faltou o banimento né?

Pera, deixa até eu limpar a garganta, pois enquanto digito a próxima frase gritarei para acompanhar ( Nando esta é para você): 

CHUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUPAAAAAAAA Tony Stark!

Vai entrar comprando, tutorando e buscando 3 personagens na casa do capeta agora.
Me desculpem, mas este card fazia muito mal ao jogo, desequilibrava muito e estava impedindo o surgimento de novos decks e ideias. Só para ilustrar bem a diferença peguem os dois personagens centrais da coleção Guerra CivilHomem de Ferro V3 e Capitão América V4 – Ambos são Iluminatti, ambos dão afiliação, ambos tem ação que busca cenário e dão dano tanto na imprevista quanto na antecipação. Hdf tinha o Máquina de Combate como parceiro, Capitão tinha o Bucky e até aí eu vejo um certo equilíbrio nas coisas. Agora...
Com Tony em cena você : pode ter uma frota de Homens de ferro na mesma cena, buscar a evolução Caça Hulk, usar planos de infiltração, Descobertas Infindáveis, e sem contar as outras 300 apelações que esta sequencia propiciava. Eu já cheguei a ver o adversário baixar 5 personagens no primeiro turno e no segundo Caça-Hulk e Prisão 42, tomar o controle total do jogo e eu apenas assistir.
De verdade foi um banimento merecido e necessário.
Me mostrem uma sequencia ou abertura de jogo pelo menos parecida com esta ( nem precisa ser com o Capitão América) e eu mudo minha opinião. Até lá só digo que após o fim da Era de Ultron, vemos findar também a era de Stark.

Amadeus Cho será o novo Stark? Não sei, isso é assunto para um futuro post.
Mandem suas opiniões, dicas, discordem, concordem..o espaço é de vocês ...
Até a próxima amigos!

Abraços do Tio do BS.

3 comentários: