domingo, 26 de fevereiro de 2017

Apresentação

Bem vindos senhores jogadores e colecionadores de cartinhas!

É com muito orgulho e satisfação que vamos iniciar os trabalhos no blog Arma X. A nossa intenção é divulgar e discutir Battle Scenes, sim aquele jogo muito fod....no qual você pode controlar seus heróis e vilões favoritos (Sorry, Kal-El). E pretendemos fazer tudo da maneira mais divertida possível , afinal este é o intuito de todo card game: DIVERSÃO!



Mas que falta de educação a minha, nem me apresentei.

Olá jovens, sou Rodrigo “Cabeça de teia" Martinez, e antes de começar a falar de BS vou contar resumidamente como conheci o jogo e comecei a jogar.


Cresci lendo Hqs de heróis (pelo alter ego acima adivinhem meu favorito), enfrentando dragões em campanhas de RPG e jogo card games desde meus 13 anos. Por favor não me perguntem quando foi isso, só digo que foi há muito tempo e para vocês terem ideia de quanto tempo, jogos e desenhos como Yu-gi-oh! e Pokémon sequer existiam. Éééé eu sei ... eu sou o tiozão do BS, mas comecei na 3ª edição de Magic the Gathering e na época a carta mais rara e procurada chamava-se Pétala de Lotus, continuei jogando por muitos anos enquanto o bolso aguentava acompanhar os lançamentos e inflação dos cards.

A vida passa, Magic fica caro, tento Senhor dos Anéis TCG, que era MUITO BOM também. Mas a gente cresce, vem trabalho, esposa, responsabilidades e as cartinhas parecem não ter mais lugar em nossa rotina.

BALELA! A verdade é que um card gamer nunca deixa de gostar das danadas e a necessidade de voltar aos embates só crescia.

Mas o que escolher? Qual seria o jogo para voltar? Magic sem chance, Senhor dos Anéis não era mais fabricado...

Eis que um belo dia ganhei um vale presente de uma grande livraria e fui lá ver no que poderia gastar. Ao andar pelo setor geek do local me deparo com um deck de Múltiplas Identidades , “Parede de Gelo “ para ser mais específico. A mesma loja tinha todas as coleções desde Universo Marvel. Na mesma hora entrei na internet e pesquisei sobre o jogo. Aí a criança que cresceu escalando os batente das portas imitando o Aranha retornou ( se é que algum dia ela foi embora ).



Gastei todo o vale presente em BS e fui pesquisar sobre o que seria um deck bom.

Acontece que o velho Cabeça de teia aqui estava enferrujado, pesquisou um blog antigo e não fazia ideia que o jogo já se encontrava em Ofensiva Surpresa. Viu um artigo sobre um deck de Vingadores e correu para arrumar os Cards. Não me esqueço a alegria de conseguir meu primeiro Homem-Aranha ultra, troquei numa Cassandra. Não, eu não sabia o estrago que ela fazia. Ele era um 4/2 com super força, e ela “apenas” uma velha com um texto chato e fraquinha. Arrumei meus Avante Vingadores, meu Capitão América v3 que buscava o Avante, Visão, Mulher-Aranha a turma toda. Enchi de habilidades que davam dano e fui jogar. Chegando na loja apanhei até debaixo da língua. Ultrons, magos com Ventos de Watoomb, Cassandras ...sim a velhinha sem vergonha que eu havia trocado pelo aracnídeo. Foi feio, porem aposto que com você não foi tão diferente. A primeira surra em BS a gente nunca esquece.

Desde então aqui estou eu, colecionando, melhorando e evoluindo a cada dia como player. E você? Quando começou, como foi? Deixe seu comentário, vamos rir das surras juntos. 

Sejam todos bem vindos, forte abraço do amigão da vizinhança e Tio do BS.

Nenhum comentário:

Postar um comentário