domingo, 26 de fevereiro de 2017

A Minha Primeira Vez

Salve Galera! Quem vos fala é Nando “Maverick” Oliveira!

E venho para lhes contar como fora minha primeira vez com Battle Scenes também!
Mas para isso tenho que voltar alguns anos, no caso muitos mesmo... rsrs

Desde dos meus 8 anos de idade sou fã do universo Marvel, como todo brasileiro de classe média-baixa nunca tive muito dinheiro para comprar HQs, porém de presente de aniversário, minha tia/madrinha presenteou a mim e meu irmão com a assinatura de um ano do pacote de gibis da Marvel. Lembro que ficávamos ansiosos sempre no começo do mês, quando o pacote de revistinhas chegaria para podermos dividi-las, meu irmão ficava com a Teia do Aranha e Homem-Aranha e eu com X-Men e Wolverine. Era maravilhoso poder acompanhar as histórias dos meus heróis favoritos, e por dois anos tive essa oportunidade.

Mais tarde na minha vida eu viraria um jogador de RPG, fã de alguns animes, filmes e seriados. Mas a minha paixão pelo o universo Marvel nunca diminuiria. Nunca tinha sido muito de jogar card game, quando adolescente joguei muito aquelas cartinhas de Yugi-Oh! que vendiam na banca de jornal (rsrs), mas nunca tive uma situação aquisitiva que pudesse abusar desse tipo de coisa.

Isso mudou há poucos anos atrás, quando incentivado por amigos que jogavam Yugi-oh!, eu aderi ao card game também, mas dessa vez o original (rsrs), e o resultado não foi outro, me apaixonei de cara. Na época eu joguei muito o Yugi-Oh! Porém nunca joguei no competitivo, era mais algo para me divertir com amigos próximos e queridos. 
Pois bem, eu havia comprado meu deck de Six Samurais e mais algumas cartas avulsas e montado um bom deck para quem não jogava a muito tempo, tanto que fiz frente várias vezes com o deck mais forte dentre a galera, e cheguei a ser xingado muitas vezes pelo meu deck "safado" rsrs.
Infelizmente não consegui ir muito além disso. Até tive a intenção e cheguei a pesquisar muito outros cards para fazer outros decks, porém os preços eram muito altos e eu não conseguiria bancar na época.


Eis que meu querido irmão e nosso amigo Marciel, compram BS e ficam insistindo para que eu aprenda. Muito mais o Rafa (meu irmão) do que qualquer outra pessoa. E por ser um fã de Marvel, eu acabei cedendo. Montei um deck com os cards extras que ele tinha para poder aprender, apanhei muito como todo bom iniciante! Mas toda vez que apanhava com meu deck de lâminas ainda na época da coleção Evolução Tática, mudava e me adaptava, mas ainda continuei apanhando muito.
Depois consegui montar meu primeiro deck de X-men!. A sim aquele era o deck que eu queria, e me senti muito satisfeito de jogar com ele!

Com Pássaro Negro, Ciclope, Vampira, Psylocke, e outros da época. Era muito legal simular batalhas de personagens tão queridos. Perdi ainda muitas vezes contra os Vingadores do Rafa, 
chegando até mesmo a perder para somente um personagem safado sem vergonha na época que reinava muito, Thor v2. Mas quando saiu a coleção Múltiplas Identidades, as coisas mudaram de figura, e foi a era dos X-Men lá em casa! Tempestade V2, Mansão Xavier, Cristal, X-23, Homem de Gelo. Todas as surras que eles haviam tomado no passado, foram vingadas! 


A satisfação de poder montar um deck do jeito que eu queria dos meus X-Men, me fez simplesmente me apaixonar por BS, a diversão era garantida!


Tenho o privilégio de ter começado a jogar cedo, e acompanhar a cada coleção a evolução desse jogo estupendo! Mecânicas novas criadas, regras alteradas, personagens diferenciados e o preço acessível.

Compartilhe conosco sua “primeira vez” com BS também, ou como eu o momento do jogo aonde você se encontrou! 

Sejam bem vindos ao Laboratório de Ideias ARMA X!

Forte Abraço Galera! 

3 comentários:

  1. Parabéns pelo artigo!
    Foi legal ver sua evolução ao longo das coleções. ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vlw Rafa. Muito graças as nossas incansáveis jogatinas!

      Excluir
  2. Parabéns pelo artigo!
    Foi legal ver sua evolução ao longo das coleções. ;)

    ResponderExcluir